a língua que a gente fala

Image result for socorro lira a lingua que a gente fala

 

Parte de nós é curiosidade de experimentar. Outra parte, lembrança do que já vivemos, e do que outras pessoas antes de nós e também outras antes delas viveram… nessa trama de feitios, ao longo de tantos anos, décadas, séculos, somos cultura.

A cultura é o patrimônio do ser. Em diversas linguagens se registra nas palavras dos livros, desenhos, pinturas, esculturas, gravuras, arquiteturas, instrumentos, artefatos e artesanias, culinária, vestimentas e tanto mais.

Ao longo da história da humanidade muitos registros de cultura são destruídos, restando apenas a memória de quem pode contar o que precisamos saber para dizer quem somos.

Por isso é tão precioso aprender a dizer as coisas, nomear sentimentos, buscar significados, sentidos, contar histórias.

A partir da nossa língua falada, nossas crianças aprendem a perceber sua possibilidade de expressar o mundo interior para o exterior. A partir da língua que a gente fala, nossa cultura pode ser levada para muitos lugares.

Esse é o nosso museu portátil.

 

Quer comprar o livro da Socorro Lira com participação de Penélope Martins, Thábata Rayca e Coro Infantil do Espaço Mata Branca? Clique aqui!

Anúncios

brincar a sério

 

Image result for pablo neruda poesia criança

“Em minha casa reuni brinquedos pequenos e grandes, sem os quais não poderia viver. O menino que não brinca não é menino, mas o homem que não brinca perdeu para sempre o menino que vivia nele e que lhe fará muita falta.”

Pablo Neruda

muito esquisito

Image result for muito esquisito pudo do gato gustavo piqueira

De manhã, sou muito esquisita. Dorminhoca, bicho descansado que não resiste ao cochilo dobrado. Devo ser feito a preguiça quando desperta, ainda com sono, ainda lenta…

Lembro o tempo de escola, que tortura sem fim: acordar antes das seis, ter que mastigar uma fatia de pão dormido, recém-amanhecido. Sem contar as aulas de matemática, coisa mais esquisita: já pensaram naquilo de negativos se transformarem em positivos? E o infindável pi, que coisa esquisita, parecia uma cobra tão comprida, uma tripa aritmética depois da vírgula esquelética…

De manhã eu sou coisa nenhuma, digo nada com nada, não tenho ritmo, nem estação, não me importa o inverno, faço pouco do verão. Pareço um ser abissal, um kryptophlanarion, nada tenho da perspicácia da sinapsicobélida: sou o ‘monstro que mora atrás do quadro’, mais não consigo.

Não dura essa sina, todavia, o relógio aponta, avança, mexe com a nossa biologia.

Quando vem a hora do almoço sou mais forte e feroz, tenho dentes pontiagudos, você não sabe do que sou capaz!

Outro dia foi um prato com arroz, feijão, salada, tudo dentro, e de sobremesa um pastel recheado com carne e coentro.

Nessa hora, minha amiga, que também é esquisita – parece até bicho ilustrado, disse com ar espantado: “Nossa, que bicho doido você traz nessa pança, será que não acaba essa comilança?”; e eu nem liguei, assanhada por uma sobra de bolo de milho, “se cru é bom, imagina cozido?”.

Bicho esquisito eu sou, mas quem não é afinal? Não venha me dizer que você aí, lendo minhas palavras não lembrou de ter feito coisa parecida e ter sido chamado de estranho, mistura de lacraia com elefante, cabeça de bagre em formiga, seja menino ou menina?

De perto, normal é ser diferente. Isso é a regra para todo bicho gente.

E se quiser mais, poesia de ler e ver, procure Muito Esquisito, livro de Alexandre Brito com Gustavo Piqueira, da Editora Pulo do Gato.

Image result for muito esquisito pudo do gato gustavo piqueira

 

onde se conta a agradável história do moço das mulas…

Image result for dom quixote pinturas famosas
Ó minha doce esp’rança,
que, afrontando impossíveis na verdade,
prossegues sem mudança
na senda que traçou tua vontade,
conserva ânimo forte,
inda que surja a cada passo a morte.
Não ganham preguiçosos
triunfo honrado, ou singular vitória,
nem podem ser ditosos
os que, mostrando uma fraqueza inglória,
entregam desvalidos
ao ócio vil os lânguidos sentidos.
Que amor suas glórias venda
caro, é razão, e é justo o que contrata;
nem há tão rica prenda
como a que pelo gosto se aquilata.
E é caso natural
custar só pouco o que só pouco val.
Coisas quase impossíveis sempre alcança
quem emprega porfias amorosas.
Com firme confiança
sigo eu do amor as mais dificultosas.
E nem sequer me aterra
ter de ganhar o céu, estando na terra.

– Miguel de Cervantes, 1591

* este poema está no Capítulo XLIII,

Dom Quixote

Imagem: Moinhos da Paz, Salvador Dalí

Morte e Vida Severina

“Morte e Vida Severina em Desenho Animado é uma versão audiovisual da obra prima de João Cabral de Melo Neto, adaptada para os quadrinhos pelo cartuinista Miguel Falcão. Preservando o texto original, a animação 3D dá vida e movimento aos personagens deste auto de natal pernambucano, publicado originalmente em 1956.

Em preto e branco, fiel à aspereza do texto e aos traços dos quadrinhos, a animação narra a dura caminhada de Severino, um retirante nordestino, que migra do sertão para o litoral pernambucano em busca de uma vida melhor.”

 

A animação está disponível no canal do youtube TV Escola

 

Lauren Potter

Resultado de imagem para lauren potter

“No dia em que nasceu, Lauren foi diagnosticada com síndrome de down. Por conta dessa condição, ela não conseguiu andar até ter dois anos de idade, mas, pouco depois de dar os primeiros passos, logo ingressou em aulas de dança e atuação. Ela adorava atuar, e a mãe a encorajou a seguir sua paixão desde cedo.

Na escola, no entanto, os colegas de classe não ofereciam o mesmo apoio. Valentões tiravam sarro dela. E até a obrigaram a comer areia! “Era difícil”, lembra- se Lauren. “Eles me machucavam”.

Conforme o tempo foi passando, sua paixão por música e dança ficava cada vez mais forte. Ela fez um teste para cheerleader na escola, mas não conseguiu a vaga na equipe. Um ano depois, porém, uma oportunidade bem maior apareceu: a chance de representar uma cheerleader no seriado Glee.

Das treze garotas testadas para o papel, Lauren foi a escolhida pelos produtores! A personagem, Becky Jackson, ficou tão popular que os alunos do seu antigo ensino médio espalharam pôsteres dela nas paredes da escola. “Fico feliz porque agora me veem como eu sempre me vi”, disse Lauren.

Ela gostava de ser atriz, mas também queria ajudar outras pessoas com deficiências. Lauren queria que tivessem a mesma oportunidade que ela: a de seguir suas paixões. Ela foi nomeada por Barack Obama para o comitê Presidencial Americano para pessoas com Deficiências Intelectuais, e estrelou comerciais contra o bullying.

Atualmente, viaja pelo seu país dando palestras, e diz “É incrível ser um exemplo para pessoas com e sem deficiências”.”

“Se você tem uma deficiência, continue dando duro. O que for necessários, faça!

Resultado de imagem para historias de ninar para garotas rebeldes 2

“- Lauren Potter

*Essa foi uma história do livro “Histórias de Ninar Para Garotas Rebeldes 2”, da editora V&R