O médico das palavras

Nenhum texto alternativo automático disponível.

“Para começar, vai ser preciso recuar no tempo. Coisa que não é tão difícil quanto possa parecer: basta seguir pelas linhas e descer pelas páginas com elas. Pouco a pouco, vão nos levar para trás, cada vez mais para trás, ao encontro de uma criança pequena… até voltar aos primeiros anos de um certo menino.

Um menino que nem sonhava que seria Médico um dia, muito menos das Palavras.”

Meu pai me ensinou que a verdade pode ser como um bisturi, se usada por alguém que saiba conduzir sua ação, pode salvar uma vida, mas se usada por quem desconhece seu poder, pode ferir gravemente. A verdade é uma palavra que tem muitas faces. E com palavra a gente não brinca… ou melhor, a gente tem que aprender a brincar.

Na próxima quarta-feira, a Livraria NoveSete convida a todos para o lançamento do livro O médico das palavras, de Fábio Malavoglia, com selo da Editora Laranja Original.

É um livro para jovens, é uma aventura. Também é uma trama a ser decifrada. É para todos que gostam das fábulas. A história é curiosa: um menino vindo “do outro lado de um escuro oceano” não entende nem lê as palavras que todos usam. Com esforço e  teimosia começa a decifrar o novo idioma, frequentando livros e revistas. Torna-se amigo das palavras, mas descobre, à medida que cresce, que nem todas são boas: existem as dúbias, as venenosas, as violentas. São as palavras doentes. Intrigado por esse duplo caráter, já que palavras tanto podem levar à poesia e à beleza, quanto ao temor e às trevas, começa a pensar se seria possível curar as doentes. Até que um dia, por acaso, encontra um Livro, que é o portal para um Bosque de Palavras Perdidas onde, magicamente, penetra. O que sucede nessa escura caminhada e o resultado da busca compõem a trama do livro O Médico das Palavras, a fábula de um jovem, mas também um relato simbólico, da editora Laranja Original.

A imagem pode conter: desenhoAs qualidades poéticas do texto de O Médico das Palavras chamaram a atenção de Filipe Moreau, fundador e publisher da Laranja Original: “É fascinante notar que, à medida em que a história corre e o protagonista passa da infância à juventude, a linguagem do texto também muda e amadurece, até culminar num poema”.

A infância do autor, Fabio Malavoglia, tem pontos de contato com a história: “Eu gostei de fábulas desde menino e, mais ou menos como no livro, aportei à língua portuguesa como a uma terra nova, onde plantei lenda e poesia”. E a vida foi colhida como jornalista, locutor, roteirista, contador-de-histórias, tradutor e intérprete de versos. Hoje ele comanda o programa Radiometrópolis, da Cultura FM de São Paulo. O Médico das Palavras é seu terceiro livro.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

No texto foi embutido também um jogo para conhecedores de literatura: uma trama de citações que são pistas das referências do autor. Já a capa e a série de desenhos da história são assinadas por Libero, ilustrador conhecido, afeito ao nanquim e às fábulas e, para mais entrosamento entre texto e imagens, irmão do autor. É a primeira vez, em anos, que os irmãos trabalham juntos. O design é do Gatoazul Estúdio Gráfico por sua titular, Thereza Almeida.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s