livro tá na moda!

Image result for arvore de natal de livros

 

Que vire moda fazer festa pro livro, no outono, na primavera, no inverno, no verão… nas ruas dos parques, nas universidades, menos nos pavilhões, por favor, onde não há respiração e nem se pode ver o céu para chorar uns versos. Que vire moda fazer festa em livraria, juntar amigos para ouvir história, fazer amigo escancarado de poesia. Que vire moda perguntar ‘o que você está lendo?’ no lugar de ‘onde você comprou esse sapato?’. Que vire moda ser elegante de tanto partilhar páginas com cheiro a tinta fresca, sem dispensar o odor amarelo embolorado, objeto recém descoberto nas pilhas de um velho alfarrábio. Que vire moda namorar palavras, trocar histórias,ficar melancólico de tão feliz por um título, soprar no ouvido um Drummond, dizer para as meninas serem mais Ruiz na vida.

Que vire moda pensar o livro como um lugar onde o tempo reina misteriosamente calmo.

Que vire moda fazer do livro uma ponte para transcender o real, povoar do imaginário, crescer a alma, vencer o medo e se saber invencível da fragilidade humana.

**

Meu pedido atendido: amigos autores, jornalistas, professores, leitores de todos os cantos, ajudaram a compor uma lista de livros imperdíveis. Separei aqui alguns títulos para começar a diversão de vocês… E sobrou lista para mais outros dias de leitura…

 

  1. Dom Quixote em Quadrinhos, de Caco Galhardo, Editora Peirópolis;
  2. Iluminuras, de Rosana Rios, ilustras de Thais Linhares, Editora Lê;
  3. Quando chove a cântaros, poema de Gloria Kirinus e ilustras de Graça Lima, Editora Cortez;
  4. Mico não usa pinico, texto de Alessandra Roscoe e ilustras de Anabella Lopez, Editora Edelbra;
  5. A vída íntima de Laura, de Clarice Lispector, ilustras de Odilon, Editora Rocco;
  6. O livro do palavrão, texto e ilustras de Selma Maria Kuasne, Editora do Brasil;
  7. Chá de Sumiço de outros poemas, de André Ricardo Aguiar, ilustras de Luyse Costa, Editora Autêntica;
  8. Era uma vez três velhinhas, texto de Anna Claudia Ramos e ilustras de Alexandre Rampazo, Editora Globo;
  9. Jardins, poemas de Roseana Murray e ilustras de Roger Mello, Editora Manati;
  10. Terra de Cabinha, de Gabriela Romeu, Editora Peirópolis;
  11. Um dia, um rio, poema de Leo Cunha e ilustras de André Neves, Editora Pulo do Gato;
  12. Sozinha, de Marcia Leite, Editora Edelbra;
  13. Contos Mouriscos, de Helena Gomes e Susana Ventura, Editora Callis;
  14. A pontinha menorzinha do enfeitinho da colherzinha de café, da Elvira Vigna, ilustras de Simone Matias, Editora Positivo;
  15. Uniforme, texto de Tino Freitas e ilustras de Renato Moriconi, Edições de Janeiro;
  16. Contos da Rua Brocá, de Pierre Gripari, Editora Martins Fontes;
  17. Museu desmiolado, poemas de Alexandre Brito com ilustras de Graça Lima. Editora Projeto;
  18. Meus romances de cordel, de Marco Haurélio, Editora Global;
  19. Roupa de brincar, texto de Eliandro Rocha com ilustras de Elma, Editora Pulo do Gato;
  20. Saci, de Ilan Brenman, ilustras de Guridi, Editora Companhia das Letrinhas;
  21. O elefante entalado, de Alonso Alvarez, Editora Ficções;
  22. O vento de Oalab, de João Luiz Guimarães, Editora SM;
  23. Jeito de bicho, de Alice Ruiz com ilustras de Eder Cardoso, Editora Iluminuras;
  24. Conversa de morango e outros textos cheios de graça, de Drummond, Editora Companhia das Letrinhas;
  25. Arranjos para assobio, de Manoel de Barros, Editora Alfaguara.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s