PARA QUE LOS OJOS

ilustra por Gabriel Pacheco

Ojos para ver
pasar la vida
por la avenida,
ojos solos
con antenas
de pestanas,

ojos con persianas
que se cierran
a su puro antojo
y no dejan ver
pasar la vida
por la avenida,

ojos coronados
por cejas
de sorpresa,
ojos y ojeras
que no descansan

si la vida pasa de frente
tan de repente,

ojos lluviosos
en tardes de enojo
o de tristeza,

ojos que no ven
sino a travez
de otros ojos:
los anteojos,

que apenas dejan
– de reojo-
mirar pasar
la vida
por la avenida

 

– por Francisco Hinojosa –

Olhos para ver
passar a vida
pela avenida,
olhos somente
com antenas
de pestanas,

olhos com persianas
que se fecham
por vontade própria
e não deixam ver
passar a vida
pela avenida,

olhos coroados
por sobrancelhas
de surpresa,
olhos e olheras
que não descansam

se a vida passa de frente
tão de repente,

olhos chuvosos
em tardes de incômodo
ou de tristeza,

olhos que não veem
se não através
de outros olhos:
os anteolhos,

que apenas deixam
– de relance-
ver passar
a vida
pela avenida

 

–  tradução por Penélope Martins –

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s