#croninquietas, duas bonecas

A menina queria ser médica. Brincava na imaginação os machucados que curaria. Não tinha band-aid na sua casa, só um velho rolo de faixa que sua mãe guardava junto com o vidro de palmito sem palmito. No vidro, álcool e arnica ‘dava jeito para todo tipo de maleita’, como dizia a avó.

A menina anda de um lado para outro com duas bonecas de olhos bem azuis e pele branquinha. As bonecas não sabem o que é maleita, nem arnica; colecionam caixas de band-aid com bichos da televisão.  A menina tem que dar banho nas bonecas, dar comidinha para as bonecas, vestir as bonecas, pentear os cabelos lisos das bonecas, levar as bonecas para piscina – desde que não brinque com elas na mesma água. As vezes as bonecas dão de mandar na menina. Culpa da arnica com sua conversa fiada de ‘dar jeito a qualquer tipo de maleita’.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s