Literatura e Música

“ Ouvir música a sério, seja a da tradição erudita ou a da tradição popular, ajuda a perceber melhor o mundo à nossa volta e todas as demais artes, ajuda mais ainda a perceber melhoro nossa própria interioridade, nossos desejos e limites, nossas ousadias e nossos medos; e aqui, enfim, está o loco principal entre música e literatura.”  Trecho do capítulo “A música e o desenvolvimento do prazer de ler”  escrito por Luís Augusto Fischer e Julia da Rosa Simões para o livro Mediação de Leitura – Discussões e alternativas para a formação de leitores (Global editora).

Neste capítulo, os autores fazem uma associação dos grandes movimentos musicais, principalmente eruditos mas chegando às canções populares com os movimentos literários, como se um caminhasse lado a lado com o outro. Um exemplo simplesmente maravilhoso, seria o samba com as crônicas jornalísticas.  Mostrando que a música com letra permite uma série de aproximações, a partir de temas e de temperamento, com a literatura. Ou mesmo a inquietude provocada por uma peça musical, principalmente se não tiver letra, com a inquietude provocada pela poesia, aí entraria o ritmo. “Ninguém sai igual de uma grande audição, como ninguém sai igual de uma grande leitura.”  Neste momento os autores citam Gaston Bachelard que uma vez disse, que ocorre como uma faísca quando se lê boa poesia profundamente, ou quando se escuta boa música atentamente.

Pensando nas crianças e fazendo uma associação bem direta entre literatura e música, darei alguns exemplos e que podem servir como dicas:

Pedro e o Lobo de Sergei Prokofiev, ilustrado por Josef Palecek (Martins Fontes);

A arca de Noé de Vinícius de Moraes, ilustrado por Nelson Cruz (Companhia das letrinhas);

 

Quem canta seus males espanta coordenado por Theodora Maria Mendes de Almeida (Caramelo);

A orquestra tintim por tintim de Liane Hentschke, Susana Ester Krüger, Luciana Del Ben, Elisa da Silva e Cunha (Editora Moderna);

Desvendando a bateria de escola de samba de Márcio Coelho e Ana Favaretto (Formato Editora);

Aula de Samba de Maria Lucia Rangel e Tino Freitas, ilustrado pelo Ziraldo (Edições de Janeiro).

Karin Krogh

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s