compartilhar leituras

O blog Toda Hora Tem História nasceu da ideia de compartilhar leituras pela internet, não só para propiciar a ampliação do acervo virtual que os leitores conectados podem e devem cultivar, mas, principalmente, para fortalecer os laços de afeto entre leitor e livro.

Toda quinta-feira, escrevo uma coluna de histórias para o Jornal ABCD Maior que também é publicada no blog sob a categoria Gostar de Ler. É claro que o nome Gostar de Ler não foi escolhido por acaso. Quando eu era criança e leitora, lia e colecionava a coleção Para Gostar de Ler que trazia nomes como Rubem Braga, Carlos Drummond de Andrade, Guimarães Rosa, Fernando Sabino, Mário Quintana, Vinícius de Moraes e Cecília Meireles.

O leitor se forma na diversidade e, para minha felicidade, eu me formei entre os encartes dos discos de vinil, a coleção de livrinhos em edições econômicas de papel amarelado, as idas ao cinema, as rodas de histórias e violão.

Escrever o blog Toda Hora Tem História foi mexer nesse baú. Não, mexer não. Foi colocar o baú no meio da praça para todo mundo mexer e remexer, criando histórias a toda hora.

E como a praça é pública, outros baús aparecem para compartilhar suas leituras.

Esconderijos do Tempo, Estante de Letrinhas, e Garatujas Fantásticas são indispensáveis para quem pretende se aproximar de boas informações sobre o universo da leitura, além de ser garantida a diversão na forma como os redatores dos sites expõe suas ideias.

Também não ficam de fora da brincadeira autores como Alexandre de Castro Gomes, que mantém ativo Blogão, recheado de resenhas, entrevistas e dicas, e Nara Vidal, a escritora brasileira que reside em lá Londres ou lá longe, mas nos alimenta com mini contos e outras boas no seu Lugar Comum.

Temos até ponte de leituras que aproximam países geograficamente distante, como acontece no Toda Hora Tem História com as publicações Blog Clube de Leitores, directamente de Portugal.

Com essa ciranda de gente entusiasmada em ler junto, também está a Associação dos Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil, a AEILIJ, que publicou este mês um super anuário com livros de todo canto e todo tipo, a partir de sinopses dos próprios escritores e ilustradores associados à entidade. São mais de 160 livros para ler, cantar, entoar, brincar, espalhar pela casa e compartilhar com os amigos.

Quem editou o material foi o já citado Alex Gomes. O anuário recebeu capa de Maurício Veneza, ilustrações de Thais Linhares e Marcelo Pimentel; pode ser lido em revista virtual:

Um encanto!

Entre os títulos do anuário, está meu favorito futebol Folclore de Chuteiras, dos craques Alex Gomes e Visca, da Editora Peirópolis, a paisagem dos Poemas do Jardim, versos de Penélope Martins com desenhos de Tati Moes, da Editora Cortez, também ABCenário com textos de Leo Cunha nas ilustras de Alex Lutkus, da editora Autêntica

Agora é só clicar e viajar nas boas possibilidades de correr livrarias e bibliotecas atrás de uma bela história.

Mas não se esqueçam de voltar aqui na net para compartilhar com os blogs de leitura o que encontraram por aí.

Divirtam-se!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s