O leão e o rato agradecido *

Enquanto um leão dormia, um rato pôs-se a correr sobre sua barriga. Quando acordou, o leão pegou o rato e estava pronto para dar um jeito nele quando este implorou que o deixasse ir embora: “Se você me poupar, demonstrarei minha gratidão”. O leão teve um aceso de riso e o deixou partir. Aconteceu que, não muito tempo depois, o leão foi salvo graças ao rato. Uns caçadores tinham-no capturado e amarrado a uma árvore com uma corda. O rato ouviu seus grunhidos, roeu a corda e o libertou dizendo: “Você riu de mim, certo de que eu não seria capaz de retribuir o favor que me fez. Pois agora saiba que se pode dizer obrigado até mesmo aos ratos”.

 

– Simone Rea, traduzido por Isabella Marcatti –

 

 

* vinte fábulas de Esopo recontadas por Simone Rea em ” O SOL E AS RÃS”. São Paulo: Editora Pulo do Gato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s