sem papel

temos um papel no mundo e o mundo tem papel na nossa vida também. nascemos e ganhamos um primeiro papel de nascimento. algo que diz ser mesmo verdade que somos nascidos e que temos um nome com apelido de família, assim como uma mãe com nome de mãe e seus pais, nossos avós. com sorte, o papel leva o nome do pai e dos pais do nosso pai. digo com sorte porque muita gente nasce e fica com o papel incompleto, faltando coisa para preencher. outros nascem e não ganham o papel algum, nem mãe, nem nome. mais pra frente na vida de quem tem papel de nascimento, vem outro papel com fotografia e número de registro de identificação que vale mais do que o nome ou tanto quanto. é difícil compreender tanta coisa em papel para dar valor a uma pessoa de carne e osso. logo depois mais papel para permitir colocar dinheiro que a gente mesmo trabalha duro para ganhar em um lugar chamado banco, onde todas as coisas são pagas e a gente nem sabe o que está pagando – além de ter um monte de papel para colocar nossos montes de números de registros, nome e assinatura.

mas penso mesmo nas crianças sem papel algum. elas cresceram e não podem ir para longe porque não possuem um mísero papel. elas não tem papel para ir a escola, não tem papel de trabalho e nem papel para colocar dinheiro em banco. falta para elas um papel com endereço de uma casa para morar, também um papel com nome do médico que cuida delas quando adoecem.

a gente não come papel, mas fica difícil comer para quem não tem papel.

pior de tudo é ver o horror nos olhos de muita gente quando cruza na rua com gente sem papel.

parece difícil compreender a situação quando se tem papel, registro numerado, casa própria, geladeira cheia, escola, cobertor, tênis para botar nos pés, mãe e pai e família. parece difícil entender como causar temor a outro alguém.

mas tente olhar para o mundo e ver essas pessoas sem papel. elas são capazes de nos lembrar que somos mais do que nossos papeis. elas são capazes de nos lembrar que o nosso papel no mundo é ser humano – com ou sem papel.

 

Les Petits Papiers

Laissez parler
Les petits papiers
A l’occasion
Papier chiffon
Puissent-ils un soir
Papier buvard
Vous consoler

Laissez brûler
Les petits papiers
Papier de riz
Ou d’arménie
Qu’un soir ils puissent
Papier maïs
Vous réchauffer

Un peu d’amour
Papier velours
Et d’esthétique
Papier musique
C’est du chagrin
Papier dessin
Avant longtemps

Laissez glisser
Papier glacé
Les sentiments
Papier collant
Ça impressionne
Papier carbone
Mais c’est du vent

Machin machine
Papier machine
Faut pas s’leurrer
Papier doré
Celui qu’y touche
Papier tue-mouches
Est moitié fou

C’est pas brillant
Papier d’argent
C’est pas donné
Papier-monnaie
Ou l’on en meurt
Papier à fleurs
Ou l’on s’en fout

Laissez parler
Les petits papiers
A l’occasion
Papier chiffon
Puissent-ils un soir
Papier buvard
Vous consoler

Laissez brûler
Les p’tits papiers
Papier de riz
Ou d’arménie
Qu’un soir ils puissent
Papier maïs
Vous réchauffer

* a canção de Serge Gainsbourg também fala sobre pessoas sem papel

Os Pequenos Papéis

Deixe falar
Os pequenos papéis
Na ocasião
Papel em pedaço
Possam uma noite
Papel absorvente
Te consolar

Deixe queimar
Os pequenos papéis
Papel de arroz
Ou da Arménia
Que uma noite eles podem
Papel de milho
Te aquecer

Um pouco de amor
Papel de veludo
E de estética
Papel de música
Este é o sofrimento
Papel de desenho
Antes de muito tempo

Deixe escapar
Papel glacê
Os sentimentos
Papel adesivo
Isso impressiona
Papel carbono
Mas é do vento

Máquina Machin
Papel de máquina
Caso não s’leurrer
Papel dourado
O que a toca
Papel mata moscas
É meio louco

Não é brilhante
Papel moeda
Não é dado
Papel moeda
Ou um morre
Flores de papel
Ou quem se importa?

Deixe falar
Os pequenos papéis
Na ocasião
Papel em pedaço
Possam uma noite
Papel absorvente
Te consolar

Deixe queimar
Os pequenos papéis
Papel de arroz
Ou da Arménia
Que uma noite eles podem
Papel de milho
Te aquecer

Anúncios

Um comentário em “sem papel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s