E agora, papagaio?

 

Ele poderia estar no Cairo tocando saxofone e vendo camelo passar. Ele poderia estar procurando a coroa perdida do rei que sou eu, ou que é você, ou que sei lá aonde. Mas não, ele está aqui pertinho fazendo a vida mais colorida, porque a vida é curta e um pouquinho do que é bom nunca fez mal a ninguém.

Gilles Eduar tem uma trajetória pra lá de interessante. Na década de 80 integrou a Banda Luni com uma proposta multimídia: repertório musical a dissecar histórias de vocabulário ousado misturado com arte cênica e um figurino abusado. A tão conhecida Marisa Orth fez parte dessa viagem.

Mas Gilles não tinha percorrido caminho linear para a música. Arquiteto formado na Universidade de São Paulo, passeou por um trabalho ímpar com a Banda Luni para ir descobrir seu novo mundo artístico numa livraria em Paris. Gilles tem pais franceses mas nasceu aqui no Brasil, morou na França em Paris um período e foi lá, trabalhando no Museu do Louvre, que ele começou a se aventurar pela literatura para pequenos grandes leitores. Seus primeiros livros foram publicados em francês mas antes tarde do que nunca, com voltas astrais de virada de milênio, regressou Gilles ao país do borogodó, no ano de 2000, para cativar nossos infantes (até aqueles que habitam corpos já adultos).

Com mais de uma dezena de livros publicados por editoras nacionais, o novo livro de Gilles chega agora em fevereiro para ganhar os palcos iluminados das casas de leitura:

E agora, papagaio? 

A ideia é simples. E o simples é o meu desafio favorito porque simples nunca é fácil.

De um ao dez, o menino pedala sua bicicleta vermelha atravessando um mapa de improváveis realidades. Quem narra o caminho para o menino é o amigo emplumado, o senhor papagaio, porque é ele quem avista a próxima cena bem do alto da página.

– O que você está vendo papagaio?

– Vejo 1 chapéu caindo do céu.

A cena seguinte não conto, nem a próxima, mas fiquei tão contente ao ver onda virar serpente…

– E agora, papagaio?

– Vejo 7 ondas lá na frente. Enormes, parecem serpentes!

Um mix de chapéu de mago com macacos elétricos que lavam roupa na beira do rio e um tiquinho de sabão sabor morango. Hipopótamos risonhos e corações de bananeiras que não deixam por fora um circo de palhaços acrobatas, nem uma galera de tartarugas surfistas. Tudo e muito mais vê o amigo papagaio. E desde o comecinho a gente já sente a brisa no rosto ao pedalar a bicicleta cor de fogo.

A caixa de imaginário se abre a cada virar de página, o livro convida a cantiga de texto e imagem, cantarolando o repetido “e agora” o que será que vem pela frente. Talvez seja essa a charada do autor – que é o ilustrador também o escritor, mas que antes já era o arquiteto de música: Gilles brinca de fazer literatura com passos de dança.

Voilá! Uma beleza de livro simples e único. Tão indispensável quanto doce de abóbora com coco. Faz-me bem. Tão irresistível quanto plástico bolha. Quem diz que não gosta, mente.

A editora Jujuba adocica nossos olhos e convida ao lançamento do livro “E agora, papagaio?” para este sábado, dia 22 de fevereiro, às 15 horas, no Espaço de Leitura do Parque da Água Branca, em Perdizes, São Paulo.

E eu acabo de apresentar um tantinho do muito que é Gilles Eduar, mas enquanto sábado não chega, que tal se divertir com o mundo a guache do autor?

.

Ah, e tem mais de Gilles no youtube. Bote lá no alto o nome dele e clique na lupa.

E agora, papagaio?

 

Agora eu vejo uma farta semeadura, é sábado no Espaço de Leitura!

 

Serviço: Sábado – 22 de fevereiro às 15h

Lançamento do Livro “E agora, papagaio?” de Gilles Eduar

Narração de Giba Pedroza e conversa com o autor Gilles Eduar

Onde: Espaço de Leitura.

Rua Ministro de Godói, 180 – Perdizes. Parque da Água Branca.
Quanto: grátis!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s