Mil Pássaros com Histórias, com Karin Krogh

 

 

Um narrador de histórias não se atém só aos livros. Um narrador de história conta o mundo, seus sons, suas cores, seus cheiros, seus medos também. Afinal de contas os livros são capturas desse mundo todo… Pensem bem, dar voz à personagem, dialogar com a história, são coisas que conduzem à outro aspecto da leitura.

Hoje, Karin Krogh, escritora e contadora de histórias – assim como eu, nos presenteia com nova possibilidade para ouvir histórias:

 

‘Oi!

Um dia ouvimos Ruth Rocha contar uma história para nós.  Ela contou tão bem, e a gente gostou tanto que, na hora, pensamos em gravar várias num disco.

E sabe qual a melhor maneira de ouvirmos essas histórias?

É com a luz apagada, no escurinho.

Quando a gente está quietinho, só ouvindo, nos concentramos mais e escutamos os sons que estão baixinhos, lá longe….E se fecharmos os olhos, ouviremos mais ainda!

Então, quando você quiser, ligue o seu CD, feche os olhos e…..boa viagem!’

 

“É assim que começa a apresentação ao CD Mil Pássaros com histórias de Ruth Rocha mescladas a músicas de Paulo Tatit e Sandra Peres, conhecidos dos fãs do grupo Palavra Cantada.  Acredito que esta seja uma forma de mediação de leitura, isto é, ele procura despertar o bichinho da leitura que todos nós temos, só que utilizando uma outra plataforma que não o livro propriamente.

Na minha infância existia a famosa Coleção Disquinho, aqueles discos coloridos, recheados de contos de fadas, fábulas e músicas, hoje relançada em forma de CD.  Eu adorava acompanhar a história com as ilustrações dos livros, achar as diferenças no que estava escrito com o que eu ouvia.  As músicas da Rapunzel eu canto até hoje em minhas contações de histórias.

O CD Mil Pássaros é diferente: as histórias são narradas e pela própria autora: a Ruth Rocha.  Utilizei deste diferencial para fazer a mediação de leitura em uma escola no município de Jandira.  Enquanto eu servia somente como um aparato para o livro “A Arca de Noé” mostrando as ilustrações da Mariana Massarani (ed. Salamandra) aos alunos,  a Ruth Rocha ficou incumbida de contar a sua própria história através do CD.  As crianças ficaram encantadas, pois não é sempre que a voz da Ruth ecoa pelas paredes da escola.

E a música? Onde entra nesta mediação?

Todos sabem como a música está presente em nosso dia a dia e os educadores já perceberam como elas auxiliam no processo de aprendizado da língua e alfabetização,  utilizando para isso as cantigas de roda, as parlendas, as poesias que possuem a sonoridade e ritmo que atraem as crianças para o mundo letrado.  E como dizem, Luis Augusto Fischer e Julia da Rosa Simões no livro Mediação de Leitura: Discussões e Alternativas para a Formação de Leitores, da Global Editora, “ A peça musical com letra, como é o caso saliente da canção brasileira, é por si só uma experiência literária, uma leitura, mesmo não sendo apenas uma leitura de texto escrito; mas, para além disso, esse tipo de música nos permite aproximações outras com a literatura em si.”

Por isso, corroborando com a sugestão do Paulo e da Sandra, arranje um cantinho bem confortável e silencioso e viaje junto com o Mil Pássaros e para melhorar esta viagem leve como companhia os livros da Ruth Rocha.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s