Passarinho na gaiola fez um buraquinho…

Há uma canção antiguinha que diz “passarinho na gaiola fez um buraquinho, voou, voou, voou, voou, e a menina que gostava tanto do bichinho, chorou, chorou, chorou, chorou…”. Minha vovó cantava isso um bocadinho diferente, mas o que importa mesmo é que eu cresci com esse sentimento conflitante de menina na cidade: adorava estar perto dos pássaros, não suportava a ideia das gaiolinhas tão pequenas, sem vida.

Parece que o homem quer tudo engaiolar.

Parece que o homem tem se engaiolado.

Meu pai tinha um pássaro-preto que foi trazido para casa no meu primeiro aniversário. Viveu muitos anos, dentro e fora da gaiola. Dormia lá, saia, subia no ombro do meu pai e quando a gente s e aproximava dizendo “carinho, nego, carinho”, ele reclinava a cabeça e esperava nosso afago.

Talvez a gente não tenha dado uma vida tão feliz para o pássaro que já foi comprado em cativeiro, mas o contrário é certo. Nosso nego foi meu assum preto de Gonzaga e meu Black Bird de Poe, acalentou meus dias na sua sina de gaiola.

A morte do nego foi uma espécie de morte de mim. Crescíamos juntos e eu só estava começando a adolescer…

Ficou vazia a gaiola, do jeito que ela deveria ter ficado desde sempre. O pássaro-preto voou para as nuvens, foi cantar lá em cima.

Não restou mais gaiola em casa.

Hoje descobri Carolina no canal youtube, achei contato dela, falei com a moça de coração de pluma: leve, leve… Carolina Barberan é contadora de história falada e cantada, entre as tantas contadas ela já deixou voar passarinhos enquanto chorava a menina que gostava demais do bichinho. O trabalho de Carolina Barberan pode ser encontrado aqui:  http://contacaodehistorias.com/ . A canção do passarinho que voa longe da gaiola, aqui neste link: 

Recentemente chegou a passarada aqui na minha casa.

Lalau Simões, o poeta com coração de passarinho, com seu livro “Fora da Gaiola”, transbordou uma coleção de voos livres, ninhos em árvores e assovios de liberdade. Junto dele, voaram cores e olhinhos espertos, Laurabeatriz fazendo rima ilustrada.

O primeiro poema me dá a impressão que existe um jeito bem fácil para sermos felizes. Nosso quintal é o mundo inteiro, toda forma de vida existe para fazer viver.

            “Passarinho

Não pode viver preso.

Passarinho

É bom de se ver

Voando.

Passarinho

É bom de se ouvir

Cantando.

Passarinho

Não tem defeito.

Para ser

O enfeito do mundo

É que passarinho

Foi feito.”

Canta coruja, beija-flor, tiziu, canários, quero-quero (e eu quero) quero tanto o joão-de-barro, até mesmo urubu que pode parecer sinistro, não está na Terra por engano. Voam gaivotas, pardais e o curió pequenino.

Uma passarada inteira na minha casa, desenhada em versos.

Lalau e Laurabeatriz são muito conhecidos pelos leitores mirins (e dos adultos mirins no coração, aqueles que felizmente continuam consumindo as prateleiras de literatura para infância). Nem sei quantos títulos eles já fizeram juntos, tantos são.

Lalau é paulista, poeta desde nascimento, trabalhou com propaganda, escreveu contos e crônicas para jornais, já foi roteirista de teatro amador.

Larabeatriz é carioca, artista plástica que já participou de várias exposições com pinturas, desenhos, xilogravuras, também colobora com revista, já fez crítica de cinema e publicidade.

O livro “Fora da Gaiola” leva o selo da nossa Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil de “altamente recomendável”; publicado pela Companhia das Letrinhas, editora de São Paulo.2013-02-20 08.48.26

Pela Companhia das Letrinhas, Lalau e Laurabeatriz apresentam outros livros: Quem é Quem; Bem-te-vi e outras poesias; Girassóis e outras poesias; Uma cor, duas cores, todas elas; Faz e acontece no circo; Futebol!; Zum-zum-zum e outras poesias; Que João é esse? Que Maria é essa?

Anúncios

3 comentários em “Passarinho na gaiola fez um buraquinho…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s