Quando a História conta Histórias

Telefone sem fio. Eu brincava disso junto com os meus primos, no quintal da casa da avó. Bom, na verdade, tentávamos brincar entre primos, mas a avó entrava no meio, depois o tio de barba, a tia de voz fina, o avô queria saber como era, meus pais no rolo, aquela vizinha que não se aguentava para saber da fofoca…

Telefone sem fio começava entre pequenos e cruzava a casa sem escolher quem e nem saber para onde iria. A história contava a história, acrescentava a história, mudava um pouco, esquecia uma parte, seguindo em frente como um grande novelo de lã a desenrolar nos nossos ouvidos.

RenatoMoriconi

Dois amigos meus contaram que esta história de telefone chegou até eles também, ou será que já vinha deles até chegar ao meu quintal? Acho que não tem começo para essa coisa sem fim.

Ficamos até cansados de tanto contar história (e aumentar na história um ponto). Deu soninho. Bocejei. Oooooohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh. Xiiii, o bocejo pegou Renato que acaba de largar um alto bocejo lá do outro lado da Cidade, “Oooohhhhhhhhhhhhhhhhh” e sem parar um segundo a brincadeira bocejou a menina, bocejou a florista, bocejou o padeiro, bocejou o jornaleiro, bocejou a cadelinha da Dona Ivete, bocejou a esposa e até Ilan bocejou enquanto desligava seu computador. “Ooohhhhhhhh”. Até suas filhinhas bocejaram…

Parece que trocamos a história do telefone por transmissão de bocejos.

Só quero saber uma coisa: quem foi que começou esta brincadeira?

Acho que foi Renato, ele adora fazer piadinha. Não, não, acho que foi Ilan, ele é bom de inventar coisas. E se eu contar que os dois se juntaram para inventar moda? Sapecas… Só poderia ter começado boa brincadeira.

Os livros Telefone Sem Fio e Bocejo, da dupla mais que dinâmica e entrosada Renato Moriconi e Ilan Brenman, editado pela Companhia das Letrinhas, fazem os leitores brincar de inventar história e incorporar personagens.

O primeiro livro, Telefone Sem Fio, começa com o travesso bobo da corte cochichando ao rei alguma coisa que eu gostaria muito de saber o que é. O rei, por sua vez, conta com a força armada da coroa, o soldado escapa o segredo para o fundo do mar e daí em diante quem poderia segurar a notícia.

A brincadeira nunca acaba.

Uma pequena observação, em tempo, o pirata me parece alguém conhecido… Será?

No Bocejo a brincadeira acontece também escapando de um personagem para outro, afinal bocejar é uma coisa que contamina quem está ao redor, mas a brincadeira vai além dos personagens ou por detrás deles, porque o cenário também conta histórias de fazer rir.

Sapequices de Ilan e de Renato, misturados numa autoria de fazer rir, contar histórias, provocar sensações, desafiar limites de tempo e espaço. A autoria é da dupla, o que significa que ambos construíram milhares de histórias, segredos, detalhes, sombras e luzes que brincam no livro. RenatoMoriconi2

É claro que as imagens foram executadas pelo Renato Moriconi que é ilustrador e designer, já que Ilan (ao que tudo indica) ainda não começou a exercer seus dotes de pintor (mas não duvido um dia ele aparecer com mais esta peripécia). No primeiro livro, Telefone, Renato executou pinturas em acrílica sobre superfície de madeira preparada; no segundo, Bocejo, as pinturas foram em óleo sobre tela. Confesso que eu adoraria ter um dos personagens na minha casa, bocejando segredos.

Não é só! Já fiquei sabendo que um terceiro livro integrará esta coleção deliciosa, e eu não posso estragar a brincadeira revelando a surpresa, por isso eu tenho que ficar de bico calado, sem revelar nadinha de nada, mas é tão boa a ideia do terceiro livro, devo mesmo parar de cutucar a curiosidade alheia… Trim!!!! Um minuto caro leitor desta maluca coluna, toca o telefone.

Convido à travessia pelas histórias Telefone Sem Fio e Bocejo, da dupla genial Renato Moriconi e Ilan Brenman, edições da Companhia das Letrinhas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s